Projetos

scroll down 

Atividades diversas

Promoção e Educação para a Saúde (PES)

O Projeto Promoção e Educação para a Saúde (PES) é transversal a todos os níveis de ensino (desde o pré-escolar ao ensino secundário), desenvolvendo-se nos diferentes níveis de ensino de forma integrada no currículo e de acordo com os conteúdos/objetivos/metas/aprendizagens essenciais a trabalhar em cada momento e em articulação com todas as áreas disciplinares dos diferentes níveis de ensino.

O principal objetivo é contribuir para a prevenção de comportamentos de risco e a promoção de comportamentos saudáveis. Assim, o Programa de Saúde Escolar tem como finalidades:

  • Promover e proteger a saúde e prevenir a doença na comunidade educativa;
  • Apoiar a inclusão escolar de crianças com necessidades de saúde e educativas especiais;
  • Promover um ambiente escolar seguro e saudável;
  • Reforçar os fatores de proteção relacionados com os estilos de vida saudáveis;
  • Contribuir para o desenvolvimento dos princípios das escolas promotoras da saúde.

O Agrupamento de Escolas da Lourinhã tem desenvolvido parcerias com diversas entidades que permitem implementar projetos e proporcionar o desenvolvimento de atividades ligadas à educação para a saúde, designadamente, o Centro de Saúde da Lourinhã, a Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (Programa + Contigo), a Liga Portuguesa Contra o Cancro, a Equipa de Neurodesenvolvimento e Pediatria dos Hospitais CUF, a Associação Clube PHDA e o Município da Lourinhã, entre outros.

eTWINNING

O eTwinning é a comunidade de escolas da Europa (43 países incluindo Portugal) que disponibiliza uma plataforma, lançada em 2005, como a principal ação do Programa de eLearning da Comissão Europeia e, desde janeiro de 2014, faz parte do Erasmus+, o programa europeu para a Educação, Formação, Juventude e Desporto. Tal como podemos ler no seu portal, este projeto disponibiliza a referida plataforma para que os profissionais da educação (educadores de infância, professores, diretores, bibliotecários) das escolas dos países europeus envolvidos possam comunicar, colaborar, desenvolver projetos e partilhar. Para concretizar o seu objetivo, o eTwinning promove a colaboração entre escolas da Europa, com recurso às Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), proporcionando apoio, ferramentas e serviços, para além de oferecer também oportunidades de Desenvolvimento Profissional gratuito e contínuo para educadores.

O Agrupamento de Escolas da Lourinhã dinamizou, continua a dinamizar e prepara já novos projetos nacionais e internacionais, tendo já recebido Selos de Qualidade pelos projetos internacionais «I Love Creative Writing» (2018-2019) e «Schools and Dinossaurs» (2019-2020). 

Em abril de 2020, o Agrupamento de Escolas da Lourinhã foi premiado com o galardão “Selo Escola eTwinning 2020-2021”, após um processo de duas fases.  O nosso Agrupamento foi uma das 2139 escolas europeias distinguidas com este prémio (94 Portugal) por ter sido considerado pioneiro e líder nas áreas de: práticas digitais, práticas de eSafety, abordagens pedagógicas e criativas, promoção do desenvolvimento profissional contínuo dos professores e promoção de práticas de aprendizagem colaborativas entre professores e os alunos.

No início do mês de dezembro de 2020, o Agrupamento recebeu a placa e o restante material relativo ao galardão “Selo Escola eTwinning”. Como não foi possível realizar uma cerimónia presencial para celebrar este reconhecimento, o Serviço de Apoio Nacional do eTwinning & Embaixadores eTwinning/DGE decidiram dinamizar uma sessão online, através da plataforma Zoom, que permitisse aprofundar o sentimento de partilha que existe nesta comunidade eTwinning. Neste sentido, a cerimónia destinada às escolas do Algarve, Lisboa e Madeira realizou-se no dia 16 de dezembro de 2020, pelas 10h30, e contou com a presença do Diretor e da Mentora eTwinning em representação do Agrupamento de Escolas da Lourinhã. 

A sessão foi gravada e difundida a partir das redes do eTwinning e da DGE, tendo sido destacada a visibilidade deste evento, nomeadamente os elementos e projetos que integram as equipas das Escolas/Agrupamentos, com o intuito de sensibilizar outros professores para o desenvolvimento de projetos eTwinning. Refira-se igualmente que os projetos e os eventos são divulgados na página do Agrupamento, na Newsletter do Agrupamento e no Jornal Alvorada.

Outro evento que merece relevo foi a participação no workshop «Escolas eTwinning: da partilha nasce a inovação!», que decorreu no dia 26 de maio de 2021, das 10 às 13 horas, moderado por Teresa Lacerda, coordenadora da Organização Nacional de Apoio eTwinning/DGE, e que contou com a participação do Agrupamento de Escolas da Lourinhã no painel «As Escolas eTwinning são organizações de aprendizagem inclusivas e inovadoras / Exemplos para outras escolas», evidenciando a execução contextualizada de melhores práticas através de projetos eTwinning desenvolvidos no nosso Agrupamento. 

A inovação e a inclusão deram o mote para uma reflexão partilhada a propósito da criação de múltiplos contextos de aprendizagem enriquecidos por tecnologias e pela promoção de práticas educativas inclusivas. O testemunho oral do nosso Agrupamento, apoiado num vídeo elucidativo com alguns eventos e projetos, enriqueceu uma manhã de partilhas entre Escolas/Agrupamentos, a nível nacional, com formas inclusivas e inovadoras de intervenção em educação. 

A participação, o envolvimento e os resultados do nosso Agrupamento no eTwinning são o reconhecimento do êxito alcançado pela equipa e colaboradores com o apoio e participação de tod@s.

Junte-se à Comunidade eTwinning! Integre a mais estimulante comunidade de aprendizagem na Europa! 

ERASMUS +

Origem

O programa Erasmus, acrónimo do nome oficial em língua inglesa, European Region Action Scheme for the Mobility of University Students (Plano de Ação da Comunidade Europeia para a Mobilidade de Estudantes Universitários), é um plano de gestão de diversas administrações públicas, que apoia e facilita a mobilidade académica dos estudantes e professores.

O programa deve o seu nome ao filósofo, teólogo, humanista do Renascimento, monge holandês, e devoto católico romano, Erasmo de Roterdão. Erasmo viveu e trabalhou em vários locais da Europa para expandir o seu conhecimento e desenvolver o seu humanismo.

História

O programa Erasmus+ foi criado em 1987 por iniciativa da associação estudantil AEGEE Europe, fundada por Franck Biancheri (mais tarde presidente do partido transeuropeu Newropeans), e promovida e posteriormente apadrinhada pelo Comissário europeu da Educação da Comissão Delors, Manuel Marín, com o especial apoio do presidente da República FrancesaFrançois Mitterrand e do Governo de EspanhaFelipe González.

Missão

Os projetos Erasmus+ proporcionam oportunidades de intercâmbio e cooperação através de atividades de participação dos jovens na vida democrática no seio da União Europeia.

Estes projetos de cooperação e mobilidade possuem uma verba de implementação que faz face às despesas correntes do quotidiano das atividades a desenvolver ao longo da vigência do projeto, bem como de verbas destinadas ao apoio às mobilidades com o objetivo de financiar e promover o intercâmbio estudantil por forma a ajudar a melhorar as competências básicas dos participantes nomeadamente, no multilinguismo, na igualdade e na inclusão dos estudantes (aprovadas em sede de candidatura Erasmus+). 

Competências

As atividades de cariz intercultural e de inovação estrutural aumentam a qualidade do ensino e aprendizagem e promovem a aquisição de aptidões e competências básicas dos estudantes, contribuindo para o seu desenvolvimento pessoal e profissional, bem como para uma cidadania europeia ativa. Ajudam ainda a combater o insucesso e o abandono escolar precoce, reforçando a qualidade do ensino, sensibilizando os estudantes e o pessoal educativo para a importância da diversidade cultural e linguística.

Gestão

A Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação gere as mobilidades e parcerias estratégicas nos setores do Ensino Escolar, Ensino e Formação Profissional, Ensino Superior, International Credit Mobility e Educação de Adultos.

Erasmus + no AEL

2017/2019: Developping Soft Skills towards European Citizenship – Portugal/Espanha/Alemanha

2018/2022: STEAM (Sciense, Technology, Engeneering, Arts, Mathematics) – Portugal, Turquia, Inglaterra, Suécia, Letónia, Bélgica.

2020/2023: SERRIC (Sustainability) – Portugal, Grécia, Chipre, Alemanha, Suécia.

Plano Nacional das Artes – Projeto Cultural de Escola

“(Des)construir (In)tolerâncias”

Introdução

“O Plano Nacional das Artes (PNA) é uma iniciativa das áreas governativas da Cultura e da Educação criada com o horizonte temporal 2019-2024. É uma estrutura de missão que envolve parcerias com a administração local, entidades privadas e a sociedade civil, com o propósito de dar um lugar central às artes e ao património na formação ao longo da vida.

Os principais objetivos são: garantir o acesso e a participação dos cidadãos na fruição das artes e da produção cultural; expandir a oferta cultural educativa e promover o conhecimento, a integração e o encontro de culturas.

O PNA trabalha em articulação com o Plano Nacional de Leitura (PNL2027), a Rede de Bibliotecas Escolares, o Plano Nacional de Cinema, o Programa de Educação Estética e Artística e a Rede Portuguesa de Museus, de forma a articular e potenciar a ação destes programas e redes.

A missão do PNA é promover a transformação social, mobilizando o poder educativo das artes e do património na vida dos cidadãos: para todos e com cada um. A implementação do plano requer a participação de todos: entidades públicas e privadas, empresas, autarquias, instituições culturais, escolas, famílias, artistas, educadores, professores, alunos…”

In https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/Projetos/PNA/Documentos/estrategia_do_plano_nacional_das_artes_2019-2024.pdf

 

Projeto Cultural de Escola (PCE)

Objetivos Gerais

  • Criar uma identidade de Agrupamento, unificando, organizando, partilhando e envolvendo as várias vertentes das Artes no seio da comunidade educativa.
  • Valorizar na escola o desenvolvimento do pensamento crítico e criativo, a sensibilidade estética e artística e a interpretação dos referentes culturais e artísticos.
  • Promover iniciativas de âmbito cultural e artístico, desenvolvidas dentro e fora da escola.

Objetivos Específicos

  • Consciencializar a comunidade educativa para o valor do património cultural como fator de coesão e de pertença e para as Artes como promotoras da formação integral do cidadão.
  • Apoiar as iniciativas que estimulem a criação individual e coletiva.
  • Promover o reconhecimento do valor da diversidade humana apelando ao diálogo e ao respeito pelo outro.
  • Produzir recursos e estratégias pedagógicas apoiadas nas Artes que promovam a transversalidade do currículo.

Os objetivos do PCE estão em linha com:

  •  Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória
  • Objetivos de Desenvolvimento Sustentável _ONU
  • Objetivos para a Educação 2030_OCDE
  • Projeto Educativo do Agrupamento

ECO-ESCOLAS

Eco-Escolas é um programa internacional da “Foundation for Environmental Education” vocacionado para a educação ambiental, para a sustentabilidade e para a cidadania. Em Portugal desde 1996, tem sido desenvolvido pela  Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE).

O programa é coordenado a nível internacional, nacional, regional e de escola, o que permite a confluência para objetivos, metodologias e critérios comuns que respeitam a especificidade de cada escola relativamente aos seus alunos e caraterísticas do meio envolvente.

Tem o apoio das pessoas e Instituições da Comissão Nacional, de vários municípios e apoios específicos de mecenas para algumas das suas atividades.

É implementado em todos os níveis de ensino e a sua metodologia, inspirada nos princípios da Agenda 21 Local, visa garantir a participação das crianças e jovens na tomada de decisões, promover uma cidadania responsável e contribuir para uma escola e uma comunidade mais sustentáveis.

Cada escola é desafiada, em função do seu diagnóstico, a trabalhar diversos temas e a desenvolver ações no sentido de alcançar os objetivos de melhoria pretendidos, enquadrados nos temas do projeto: RESÍDUOS, ENERGIA, ÁGUA, BIODIVERSIDADE e muitos outros. Estas ações são delineadas em articulação com as áreas curriculares e em parceria com outros projetos escolares, tentado estabelecer sinergias e envolvendo entidades parceiras.

No AEL, o programa está a ser desenvolvido na Escola Básica Salvador Leonardo Ferreira e na Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado, ambas  com a Bandeira Verde, o galardão Eco-Escolas.

Educação para a Cidadania

A Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania “visa o desenvolvimento de competências para uma cultura de democracia e aprendizagens com impacto na atitude cívica individual, no relacionamento interpessoal e no relacionamento social e intercultural, através da componente de Cidadania e Desenvolvimento (…).”

Artigo 3.º do Decreto-Lei n.º 55/2018, de 6 de julho

Cada escola define a sua estratégia de educação para a cidadania, de acordo com o disposto no referido Decreto-Lei. 

No AEL, muitas turmas, orientadas pelos seus Diretores de Turma, têm desenhado e tentado concretizar projetos de elevada relevância.

 

11ºB – Fábrica Pedagógica de Detergentes Ecológicos – Ver projeto

 

Outros Projetos…

RECICLAR EM MIRAGAIA

À semelhança dos anos anteriores a Escola Dr. Afonso Rodrigues Pereira desenvolve o Projeto “Reciclar em Miragaia”, no âmbito do desenvolvimento sustentável e educação ambiental. Existe em cada sala um ecoponto para plástico/alumínio, e um ecoponto para papel/cartão. A colocação correta do lixo nos ecopontos é da responsabilidade de toda a comunidade escolar, para se conseguir reciclar na Escola. O projeto incluiu a participação no Programa Ecovalor dinamizado pela Câmara Municipal da Lourinhã, incluindo a participação de toda a comunidade escolar, à semelhança dos anos transatos, nos Concursos No azul é que está a dar, No Amarelo é que está a dar e No verde é que está a dar!

 

JARDINAGEM E SUSTENTABILIDADE: “UM ALUNO, UMA PLANTA”

A jardinagem tem sido uma atividade desenvolvida junto dos alunos do Centro de Apoio à Aprendizagem (CAA), tendo por base o conteúdo “A Diversidade das Plantas” da disciplina de Ciências Naturais.

As atividades realizadas foram sempre no sentido de incutir aos alunos o respeito pelo ambiente, permitir o contacto com a natureza, entender o solo como um material terrestre de suporte essencial à vida e que a produção de alimentos deve ser acompanhada por medidas de conservação dos solos.

 

 

SCHOOLS AND DINOSAURS – ETWINNING

O objetivo global do projeto “Schools and Dinosaurs – Miragaia longicollum meets Magyarosaurus dacus” é conectar escolas europeias localizadas em regiões ricas em vestígios fósseis de dinossauros, para partilha das descobertas paleontológicas, através da plataforma eTwinning.

 

 

O DINOSSAURO MIRAGAIA

“O Dinossauro Miragaia” é um projeto educativo e de intervenção comunitária que visa promover a cidadania, a diversidade cultural, a transdisciplinaridade, a educação artística e a inclusão. Propõe-se como símbolo e tema estruturante deste projeto o estegossauro Miragaia longicollum, importante descoberta paleontológica em Miragaia, como estímulo não só para a aprendizagem das ciências, em geral,  mas também para o estudo de outras áreas do conhecimento. 

 

 

CÃES DO OESTE

A criação deste projeto contribui para o desenvolvimento de práticas de inclusão, nomeadamente no acompanhamento pedagógico dos nossos alunos com Necessidades Específicas de Aprendizagem, que se encontram ao abrigo de Medidas Educativas do Decreto-Lei n.º 54/2018, de 6 de julho, sobretudo do art.o 10º, alínea b) Adaptações Curriculares Significativas. Queremos contribuir para o seu sucesso educativo, com a prestação de um ensino especializado, cujo objetivo primordial se centra na promoção do seu sucesso pessoal, escolar e social.

 

 

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Este projeto iniciou-se no ano letivo de 2012/2013 e visa o reconhecimento da importância nutricional dos alimentos. Anualmente, é selecionado um determinado alimento e é feita uma pesquisa sobre a sua importância na alimentação humana.   Os alunos do 6º ano fazem também uma recolha de receitas sobre esse alimento, Todo este trabalho resulta na publicação de um livro digital que é apresentado à comunidade no Dia Mundial da Alimentação do ano letivo seguinte.

AGRUPAMENTO DE ECOLAS DA LOURINHÃ

Sede na Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado

 

Vale de Geões, Apartado 13

2534-909 Lourinhã

 

261 416 950

261 416 958